Prêmio Areté 2019: os destaques da literatura cristã

Por Larissa Vaz

A edição 2019 do Prêmio de Literatura Areté aconteceu na noite de 1° de agosto, no Salão da Câmara Municipal de São Paulo. A tradicional solenidade promovida pela Associação de Editores Cristãos (Asec) reconhece, enaltece e premia a excelência em literatura cristã do país.

A escolha dos melhores textos e trabalhos é feita através de uma qualificada e criteriosa comissão, a fim de valorizar as produções que se destacam.

A SOLENIDADE

A abertura do evento foi realizada pela Banda da Guarda Civil Metropolitana de São Paulo, que abrilhantou a cerimônia tocando músicas populares nacionais e internacionais, bem como o Hino Nacional.

O evento contou com a presença de diversas personalidades do mundo evangélico. Entre elas, compondo a mesa, estavam: o presidente da Asec, Emílio Fernandes Junior, da Editora Folego; Selmi Susy Aquino, da editora Mundo Cristão; Elton Batista Melo da Editora Batista Independente (EBI); Emerson da Silva, da editora Luz e Vida; Maria Fernanda Vigon, da editora Geográfica; Gilberto Celeti da Aliança Pró Evangelização das Crianças (Apec); Jefferson Freitas da Casa Publicadora das Assembleias de Deus (CPAD) e Juan Carlos Martinez, da editora Hagnos.

A palavra de abertura foi dada pela vereadora Patrícia Bezerra, que apoiou e viabilizou a realização do evento na Câmara Municipal de São Paulo. Em sua palavra inicial, Emílio Fernandes, presidente da Asec, frisou a inovação que vem ocorrendo no mercado evangélico ao incluir obras em diversas mídias. Cada vez mais aprimoradas e com alto nível de qualidade. Novas categorias de premiação têm surgido de acordo com a própria evolução do mercado de livros e obras evangélicas.

A personalidade literária do ano de 2019, foi Nelson Vido, da Geográfica Editora, que recebeu homenagem junto da família.

O evento também contou com a presença do Coral masculino “Cantores da Liberdade”, da Igreja Batista da Liberdade, que entoou diversos hinos tradicionais.

O PRÊMIO

Areté, do grego, significa excelência. O Prêmio Areté já contemplou mais de 1000 obras ao longo de seus 25 anos de existência, contando atualmente com 33 categorias de premiação.

RECONHECIMENTO

Nas categorias especiais, avaliados pela equipe da Faculdade de Belas Artes de São Paulo, os vencedores foram:

Capa: Deus no banco dos réus – Editora Thomas Nelson
Ilustração: O Jardim, a cortina e a cruz – Sociedade Bíblica do Brasil
Projeto gráfico do ano: Sabedoria viva – Editora Hagnos
Livro do Ano: Minhas últimas palavras de Billy Graham – Editora Vida

[A Editora Ultimato também esteve em São Paulo para participar e receber o Prêmio Areté 2019]

O Secretário de Esportes, Carlos Alberto Bezerra Junior, deu uma relevante palavra cumprimentando os presentes. Registrou a importância do legado deixado pelos livros divulgados pelas diversas editoras e a relevância desta missão: “O trabalho aqui realizado é pouco reconhecido e apoiado, sendo feito por heróis que se superaram a fim de produzir um legado espiritual que tem alcançado gerações”, declarou.

Ao encerrar seu discurso afirmou que “a legitimidade e a visibilidade merecidas (pelo trabalho dos Editores Cristãos) são dadas aqui, na Casa do Povo (Câmara de Municipal), onde as decisões são tomadas”.

Sobre a ASEC
Fundada em 20 de junho de 1988, a Associação de Editores Cristãos (ASEC) é uma organização sem fins lucrativos, que se dedica 100% ao segmento editorial cristão. Nessas três décadas de história, a ASEC tem buscado difundir a importância da literatura cristã na formação dos leitores brasileiros.

Além disso, tem colocado em evidência as iniciativas culturais para a difusão do livro e fomentado e apoiado esse segmento, configurando-se como uma organização que hoje é referência nesse âmbito. Como missão, a ASEC busca servir aos associados, fortalecendo-os e capacitando-os a fim de ampliar o mercado editorial cristão, para que a literatura seja instrumento de transformação da sociedade.

Serviço
O que: Prêmio Areté 2019
Quando: 1 de agosto de 2019, às 19h
Onde: Salão Nobre da Câmara Municipal de São Paulo, Viaduto Jacareí, 100, Bela Vista.

Fonte:
https://www.ultimato.com.br/conteudo/premio-arete-2019-os-destaques-da-literatura-crista

Cristãos preferem Bíblia impressa para estudos e aplicativos para devocional

A versão impressa também é a preferida dos pais para lerem a Bíblia para crianças.

Jovem lendo a Bíblia. (Foto: Ben White / Unsplash)

Para entender as diferenças entre os usuários de aplicativos da Bíblia e quem prefere usar a Bíblia impressa, o o pesquisador John Dyer resolveu fazer uma pesquisa e assim entender as diferenças e os hábitos entre os cristãos.

Para realizar este estudo, já publicado na no Journal of Religion, Mídia e Digital Cultura, Dyer alistou participantes de duas mega-igrejas não-denominacionais e uma igreja Batista do Sul na área de Dallas.

Ele pediu aos participantes para lerem o livro de Judas, impresso ou digitalmente, e responderem a algumas perguntas. Depois, pediu que eles participassem de um plano de leitura de dez dias do livro de João, usando o mesmo meio utilizado na aula da igreja.

Dyer conduziu uma avaliação de sua compreensão e perguntou como eles se sentiam após a leitura. As três respostas mais comuns foram “encorajados”, “desencorajados” e “confusos”.

“Os usuários digitais têm quase o dobro de probabilidade de relatar ‘confundidos’ com muitos, indicando que gostariam de ‘ler novamente’ ou ‘estudar mais’”, relatou o pesquisador.

Dyer também reuniu dados sobre os hábitos atuais de leitura da Bíblia dos participantes, pedindo que marquem uma caixa para qual mídia eles preferem usar para diferentes formas de envolvimento da Bíblia. Dois terços dos entrevistados preferiram a versão impressa para leitura longa (66%) e para estudo (65%).

Nos smartphones, os entrevistados disseram usar aplicativos para devocionais (45,3%) ou pesquisas bíblicas (38,7%). Os smartphones também foram o meio mais usado para ouvir a Bíblia em áudio. Os usuários de tablets também costumavam usar suas Bíblias impressas e aplicativos.

Dyer observou um pragmatismo na leitura da Bíblia para a maioria dos participantes. Por exemplo, muitos não trazem uma Bíblia impressa para o trabalho ou para a escola, mas quando leem nesses ambientes, 42,7% usam seu smartphone, 20,7% usam seu computador.

Enquanto estavam na igreja, muitos se sentiram mais confortáveis ​​abrindo suas Bíblias impressas do que um aplicativo.

Ao ler para crianças, as pessoas preferiam ler a Bíblia impressa (42,7%) em vez de usar a Bíblia em app do smartphone (12,7%), provavelmente “porque queriam promover um respeito saudável pela Bíblia”, disse Dyer ao Christianity Today.

“As Bíblias impressas e digitais geralmente são moldadas em oposição umas às outras… mas os dados sugerem que o relacionamento é muito mais complexo”, disse ele. “A leitura da Bíblia hoje é mais uma experiência multimídia, com os leitores usando uma combinação de impressão, tela e áudio, dependendo da forma de envolvimento bíblico que estão realizando”, completou o pesquisador.

Dito isso, suas observações revelam que “(as pessoas) fazem essas escolhas com base na conveniência – muitas vezes pegando a Bíblia mais próxima disponível (NAB) – e desconhecem o efeito que o meio exerce sobre a mensagem e o leitor”.

Fonte:
https://www.gospelprime.com.br/cristaos-preferem-biblia-impressa-para-estudos-e-aplicativos-para-devocional/

Para escolher a Bíblia de Estudo ou de leitura diária de sua preferência, clique aqui e conheça as opções disponíveis em nosso site http://livraria316.com.br/

Arrume Sua Casa {Pitada Literária}

A Pitada Literária de hoje é sobre um livro recebido da Editora Betânia, parceira do blog! O livro recebido foi o Arrume Sua Casa,  do escritor Amauri Costa de Oliveira! O livro me surpreendeu muito e quem já me acompanha no Instagram já me ouviu falando dele por lá! Entretanto, se você ainda não me acompanha por lá, posso te garantir que não se trata de um livro de limpeza física, mas sim de uma limpeza emocional e espiritual que precisamos ter em nossas casas todos os dias.

Editora Betânia
Livro: Arrume Sua Casa
Autor: Amauri Costa de Oliveira
Editora: Betânia
N° de páginas: 951ª
Edição, 2010
ISBN 978-85-358-0267-2

SINOPSE:
“Todos nós gostaríamos de ter uma família feliz, equilibrada, que nos proporcionasse segurança, paz e tranquilidade. Infelizmente, nem sempre isso acontece. Vemos ao nosso redor – e talvez até em nossa própria casa – infelicidade, pessoas feridas, falta de comunicação, desordem, separação.

Mas este livro traz uma boa notícia para nós: é possível, sim, colocar a casa em ordem, fazendo uma faxina completa no lar, jogando fora o que está destruindo a família e promovendo uma limpeza completa em todas as áreas do relacionamento familiar. 
Tomando como exemplo a história de Jacó, conforme a Bíblia nos relata, o autor mostra que, apesar dos conflitos, confusões, amarguras e ressentimentos muitas vezes enfrentados no ambiente familiar, podemos experimentar uma verdadeira restauração dentro da nossa casa. 
Abra as portas do seu coração e do seu lar. Deixe que a presença de Deus remova as manchas e as impurezas, trazendo cura, harmonia e felicidade para sua família.”

arrume sua casa - índice

RESENHA:
O livro Arrume Sua Casa trata sob todos, senão a maioria, os aspectos de uma família, englobando os problemas enfrentados, como: problemas em casa, problema estrutural, relacional, cultural, moral, emocional e a solução sobrenatural – esses são os capítulos do livro, sete no total.
O autor faz uma análise de todos esses problemas tendo como base a família de Jacó! É incrível perceber que em meio a tantos problemas, dos quais muitos deles são passados em nossas famílias, a graça de Deus operou e transformou a família de Jacó. Contudo, para chegar ao total operar da graça de Deus muita coisa precisou ser enfrentada, desarrumada para se encaixar no devido lugar.
Toda análise desse caminho percorrido por essa família, começa com o destrinchar dos capítulos 29 e 30 de Gênesis, onde Lia é dada em casamento à Jacó, enquanto ele amava a sua irmã, Raquel, a qual também foi dada em casamento à Jacó, porém, somente depois de Lia. Essa situação deixava Lia com sentimento de rejeição, fazendo-a pensar que gerar filhos traria o amor de Jacó a tona, totalmente enganada! Infelizmente, existem muitas mulheres como Lia, vivem em busca de um amor que aqui não se pode encontrar, mas somente em Deus e por sua graça! Por outro lado, Raquel se sentia enciumada por não poder dar filhos à Jacó por um bom tempo, era como se a graça de Deus estivesse sobre Lia e não sobre ela! Tudo isso gerava muita confusão na família de Jacó.
Depois de tratar dos problemas familiares, o autor trata do problema estrutural, o qual é muito real em nossa sociedade! A começar pela falta de pai e presença de duas mães ou vice e versa. Sabemos que essa não é a vontade perfeita de Deus para um casamento “e que na maioria das vezes isso tem sido motivo de sofrimento e tristezas”, mas mesmo assim Jacó tinha duas esposas! Além disso, muitas vezes os papéis que cada um deveria ter na família de Jacó não eram exercidos, pois Labão (sogro de Jacó) frequentemente os manipulava, fazendo-os viverem dependentes dele.
Outro problema na família de Jacó era o problema relacional, suas duas esposas viviam competindo entre si. Em sua família não existia a cooperação, mas somente a individualidade e rivalidade! Isso tudo foi reflexo do que a cultura da época permitia, Jacó foi alvo das permissões culturais, temos que cuidar para também não sermos alvo dessas permissões em nossos dias!
Além de todos esses problemas e do problema moral, havia o problema emocional. Como se pôde observar, a família de Jacó era repleta de ódio, amargura, complexo de superioridade e de inferioridade e rejeição. Havia muita coisa para ser curada! O autor imagina que “o clima na casa de Jacó era tenso, carregado de desconfiança, de desavenças, acusações, cobranças, choros convulsivos, palavras ásperas, chantagens das mais grosseiras e coisas deste tipo que talvez façam da casa de Jacó uma casa parecida com a de alguns leitores”.
Contudo, apesar de todos os problemas a história da família de Jacó nos faz observar a ação sobrenatural de Deus, pela graça e pelo cumprimento de sua palavra, para ajeitá-la! É a essa reflexão que o autor nos leva! 

Essa história pode nos trazer esperança, confiança nas promessas de Deus, pois é certo que a família de Jacó não está sobre a sorte, mas sim sobre uma promessa fiel de Deus, o que também pode acontecer com nossa família em todas as áreas citadas!   

Livro Arrume Sua Casa, Editora Betânia

MINHA OPINIÃO:
Como já disse, esse foi um livro que me surpreendeu muito pelo fato de me fazer ver a família de Jacó na realidade de muitas famílias! O autor explana e analisa muito bem cada ponto, a leitura é fácil e bem dinâmica. Creio que é um livro capaz de mudar a nossa percepção sobre as histórias da Bíblia e sobre as nossas próprias histórias! 

Minha dica é: leia o livro e ao mesmo tempo leia o livro de Gênesis! Você aproveitará muito mais a leitura da Bíblia!

Eai, você já leu esse livro?! Se não, entra já no nosso site e garanta o seu, clicando aqui
Se gostou ou se interessou, deixa seu comentário e compartilha com os amigos, combinado?!

Repost daqui: Ao Vivo por Aninha Morando

O Poder de Deus para a Salvação

        
Teólogo brilhante e escritor prolífico, o reverendo Augustus Nicodemus Lopes tem exercido um ministério extremamente abençoador no âmbito da igreja evangélica brasileira, atuando nas áreas da pregação expositiva da Palavra de Deus, do correto ensino da sã doutrina e da produção recorrente de uma bibliografia teológica sumamente rica em fecundas instruções para o povo de Deus. Nos últimos tempos, o reverendo Augustus Nicodemus tem se dedicado a escrever comentários de vários livros das Escrituras Sagradas, já tendo vindo a lume, escritos sobre o livro de Malaquias e sobre Gálatas, Colossenses e, mais recentemente, sobre a epístola de Paulo aos Romanos.
O admirável comentário do aludido pastor acerca da epístola de Paulo aos Romanos intitula-se O Poder de Deus Para a Salvação e se fixa nos primeiros sete capítulos dessa extraordinária porção das Sagradas Escrituras. Na carta aos Romanos encontramos, com singular beleza, o registro de algumas das mais gloriosas doutrinas da graça do evangelho do nosso amado e bendito Salvador e Senhor Jesus Cristo.
O comentário do reverendo Augustus Nicodemus apresenta inúmeras virtudes, sendo, a meu ver, a principal delas, a clareza da linguagem em que se consubstancia toda a sua exposição. O livro, em face dessa importante marca estilística e composicional de que se reveste, é útil tanto para um seminarista já mais amadurecido no convívio com a Palavra de Deus quanto para o crente que frequenta o dia-a-dia da igreja em sua realidade doméstica.
Por esse patamar, o livro do reverendo Augustus Nicodemus logra consorciar profundidade com simplicidade, sem turvar as águas da sua abordagem com os afugentadores componentes da aridez terminológica e do hermetismo linguístico. Em suma: o autor escreve para ser compreendido, sobretudo, porque este comentário resultou de uma série de pregações que o aludido pastor tem realizado sobre essa magnífica epístola do apóstolo Paulo chamada por muitos estudiosos, de “a catedral da doutrina cristã”.
Outro aspecto extremamente importante do referido comentário radica no fato de que ele busca o tempo todo, uma abordagem concreta do texto apreciado, promovendo um cerrado corpo a corpo com os capítulos estudados, no desiderato maior e indesviável de captar a intenção original do autor primário do texto: o Espírito Santo de Deus, que estava sobre Paulo e em Paulo, supervisionando todo o ato/processo de registro da Revelação escrita e especial de Deus. Aqui reside um ponto fundamental da pregação expositiva: ela se submete, sem reservas, à autoridade do texto bíblico e, ato contínuo, refreia o mais possível, as interferências do pregador, uma tentação a que sempre estão expostos todos os que têm sobre os seus ombros o fascínio e a responsabilidade de transmitir a Palavra de Deus; e anelam fazê-lo com fidelidade.
Por fim, ganha relevo o fato de que o comentário de cada porção da carta aos Romanos vem sempre acompanhado de pertinentes aplicações às nossas vidas, de modo a fazer com que busquemos apreender a Palavra de Deus de forma prática, amoldando-nos, no poder do Santo Espírito de Deus e pela mediação de Jesus Cristo, às suas santas demandas para as nossas vidas.
Que o Senhor nosso Deus continue revestindo o seu servo com a sua graça, sabedoria e poder do seu Espírito Santo, a fim de que ele prossiga ensinando e pregando a Palavra de Deus de maneira absolutamente fiel, com a finalidade precípua de glorificar o Senhor e edificar a igreja que ele comprou com o sangue do seu amado Filho, por intermédio do leite não falsificado da inerrante, inspirada e infalível Palavra de Deus. SOLI DEO GLORIA NUNC ET SEMPER.
                    JOSÉ MÁRIO DA SILVA
                        PRESBÍTERO
livro O Poder de Deus para a Salvação

Para adquirir seu exemplar do livro “O Poder de Deus para a Salvação”, do autor Rev. Augustus Nicodemus, clique aqui.

Lançamento do livro “Lar, Família & Casamento”

Evento de lançamento do livro “Lar, Família & Casamento”, do autor Dr. David Merkh, publicado pela editora Hagnos. Contaremos com a presença do autor, Dr. David Merkh, trazendo mais detalhes e informações sobre a obra.

O evento será realizado no dia 02 de julho de 2019, às 19h30, e acontecerá na Igreja Presbiteriana Central, em Campina Grande-PB, que fica na Av. Floriano Peixoto, 359 – bairro São José.

O evento é aberto a todo o público, e é gratuito.

Este formulário de inscrição é para participar do sorteio de livros. Participe e informe seus amigos e familiares.

OBS: O sorteio será exclusivamente para os participantes inscritos e que estiverem presentes no local do evento.

Mais informações pelos telefones (83) 3321-4972 / (83) 9 9610-0316

AME A DEUS COM CAFÉ

Café? Sim! Café! Calma, calma, calma! Não necessariamente Café, mas é um ‘macete’, se posso assim dizer, ou melhor um trocadilho, haha, e você me diz ” o trocadilho do ‘com a fé’? “, bem, poderia ser também, mas chega de enrolação e vamos para a aplicação?(xi!”rimô”)
. “E, respondendo ele, disse: Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu Coração, e de toda a tua Alma, e de todas as tuas Forças, e de todo o teu Entendimento[…]” (Lucas 10:27) .
Notou nas entrelinhas? O que eu quis dizer com “Ame a Deus com Café”, está descrito nas escrituras. Ame a Deus com (C)oração, (A)lma, (F)orça e (E)ntendimento.
O coração, remete a ideia de emoções, sentimentos e desejos, é dele que a bíblia fala que o devemos guardar(Provérbios 4.23) , ele está localizado no mesmo lugar que o nosso tesouro(Mateus 6.21), e amar a Deus com o coração, é saber onde está o nosso tesouro, é saber que é bem mais que a intelectualidade, mas também envolver seus sentimentos nisso. É desejar a Deus, e depositar seus sentimentos e emoções nEle.
A alma, aponta a definição de identidade individual, e também o sentido de vida. É aquela que vale mais que ganhar o mundo (Mateus 8.36), ela é quem é salva. Lewis define clara e objetivamente sobre isso: “Você não tem uma alma. Você é uma alma. Você tem um corpo.”, pra quem entende de tecnologia, é como se a Alma fosse sua memória ROM, que mesmo que o hardware (seu corpo físico) deligado, os dados armazenados não são deletados. Amar a Deus com sua alma é quem você É, sua personalidade, sujeitas a Ele, é confiar o que você É a quem realmente pode salvá-la.
E força? São suas ações, seu modo de agir, seu corpo, obras realizadas através do seu corpo. É comum que muitos pensem em tentar confirmar seu amor a Deus somente através das obras, de boas ações e caridade, excluindo completamente a fé, intelectualidade e sentimentos. Lembre-se: Obras e fé (Tiago 2.26) andam juntas! Nessa fé há seu intelecto e emocional, lembre-se também graça e conhecimento (2 Pedro 3.18) andam lado a lado, é combo na vida do cristão! Entendeu?

Entendimento. Ame a Deus com seu cérebro! Com o seu intelecto, a sua mente! Não estou dizendo “torne-se um master Ph.D.”, mas procure adquirir conhecimento para glorificar ao seu criador. Use seu cérebro para a glória de Deus! Bem mais que um cristianismo baseado em sentimentalismos, mas o seu intelecto e emoções equilibrados. Lewis define bem isso em Cristianismo Puro e Simples, acerca da inteligência e conhecimento quando se refere a cristãos, ele retrata: “Não devemos ter como lema “Seja boa, doce menina, e deixe a inteligência para quem a possui”, mas sim “Seja boa, doce menina, e não se esqueça de ser o mais inteligente que puder”. Deus não detesta menos os intelectualmente preguiçosos do que qualquer outro tipo de preguiçoso. Se você está pensando em se tornar cristão, eu lhe aviso que estará embarcando em algo que vai ocupar toda a sua pessoa, inclusive o cérebro.”. Foque no ” Inclusive seu cérebro.”, Deus não quer você por partes, não somente suas emoções ou suas obras, mas você por inteiro e sua intelectualidade é inclusa nisso! A bíblia não se omite acerca da inteligência e conhecimento, ela não exclui o estudo da cultura e sociedade, veja o exemplo de Daniel e seus amigos: “A esses quatro jovens Deus deu sabedoria e inteligência para conhecerem todos os aspectos da cultura e da ciência. E Daniel, além disso, sabia interpretar todo tipo de visões e sonhos.”(Daniel 1.17). Veja, é o próprio Deus quem nos concede isso! Paulo era alguém extremamente engajado com a sua mente, ao exortar em suas epístolas é notável seu conhecimento e compromisso em entender o contexto da realidade dos irmãos, o que envolvia filosofia, cultura e a cosmovisão do lugar. Sem mais delongas, use seu cérebro! Como cristão não se amolde aos padrões do mundo, mas renove sua mente, para experimentar a vontade de Deus, a qual é boa, perfeita e agradável(Romanos 12.2), uma mente renovada entregue ao Criador juntamente com tudo que compõe quem você é, como um sacrifício vivo, é o nosso culto racional.

Nossa passagem base aborda esses 4 aspectos, e em todos Cristo evidencia que devemos amar a Deus “de todo”, TODO o seu coração, TODA a sua a alma, TODAS as suas forças e TODO seu entendimento para herdarmos a vida eterna. Observe bem a lição intrínseca nisso, quase um tapa na cara, se posso assim dizer. Somos capazes de amar a Deus com TODO nosso coração, alma, força e entendimento? Não! Por nós mesmo somos incapazes de tal feito, imperfeitos e pecadores, que em nossa natureza pecaminosa desejamos constantemente estarmos distantes do nosso Criador (Romanos 3.10-11), quanto mais conquistar a vida eterna por nossos méritos. Mas, é nesse impasse que ao sermos atraídos a Cristo, vemos nEle toda essa capacidade e perfeição, e é nEle em quem temos a confiança em nos transformar de seres repelentes de Deus a criaturas que esforçam-se e perseveram em amar a Deus, através de Cristo, mesmo em suas fragilidades e imperfeições. Saiba que amar a Deus, não requer somente suas emoções, sua personalidade, obras ou intelectualidade, individualmente, mas combinadas, como engrenagens que funcionam em plenitude somente se estiverem reunidas. E isso é completude de amar a Deus com ‘café’ e “com a fé”.

Fonte: Kessia Vanessa https://www.instagram.com/kessiavanessaa/ – Teografia https://www.instagram.com/teografia/

1° VINDE – O dia inteiro na presença de Deus #oração – #louvor – #palestras – #adoração

Sábado, dia 15 de junho de 2019, das 8h às 18hs

Cartaz 1o. Vinde

A igreja Assembléia de Deus Ministério Semear convida você e sua família para este dia de amadurecendo a Fé Cristã.

Presença confirmada:

  • de Deus
  • Pr Júnior e Caravana (Aroeiras PB) Manhã
  • Presb. Ricardo – Aroeiras PB
  • Nilda & Alex
  • Pr Josafá (JP)
  • Cantores

Sua vida não será a mesma;
Convide alguém e venha ser impactado pela presença Poderosa de Deus

Obs.: intervalo ao meio-dia; a igreja oferecerá um almoço por apenas R$ 10,00

Semana Francis Schaeffer

“Até mesmo no meio da morte na cidade, a igreja evangélica pode ter uma revolução realmente construtiva, uma revolução que a fará estremecer em todas as suas partes e a fará viver diante do Deus vivo, diante do mundo invisível, e diante dos olhos atentos do nosso mundo pós-cristão.”
(Francis Schaeffer)

Conheça Francis Schaeffer

Schaeffer foi um pastor presbiteriano no século 20, considerado um dos líderes mais influentes no seu tempo. Sua história de vida e seus ensinamentos falam diretamente a nós em nossos dilemas com uma verdadeira espiritualidade, engajamento cultural, evangelismo e apologética, liderança, e o cultivo de uma igreja vibrante e de relacionamentos belos e saudáveis.

Aqui na Livraria 3:16 dispomos de alguns títulos deste autor, entre eles:

E também temos disponível o livro A CELEBRAÇÃO DO MATRIMONIO, de Edith Schaeffer, esposa de Francis Schaeffer.

Ao longo de uma semana, a partir de 17 de junho de 2019, você receberá preciosos insights de Schaeffer, gratuitamente em seu whatsapp.

Conteúdo encorajador e transformador na palma da sua mão! Inscreva-se agora neste link!

Repost do: Mailchimp

Dia do Pastor Evangélico

Dicas para celebrar o Dia do Pastor
O Dia do Pastor é comemorado no segundo domingo de junho. Neste ano, será no dia 09. E como a data se aproxima separamos algumas ideias para você fazer junto aos irmãos da sua igreja. Por ser o dia do Pastor, todos os departamentos poderão participar.

Então, é hora de arregaçar as mangas porque temos poucos dias e em primeiro lugar decidir o que fazer: uma programação na hora do culto? Ou organizar o culto todo especial? Não importa como você pensou, o importante é não deixar a data em branco e manter este segredo com o pastor. Combinados? Veja algumas sugestões:

• Louvores
Separe louvores que expressem a gratidão de tê-lo como seu pastor. Peça ajuda ao grupo de louvor ou alguma pessoa que ame louvar e peça que cante um ou dois louvores, dependendo do tempo que você terá:
1) “Pastor” da Eyshila;
2) “Ao pastor com carinho”, da Cristina Mel
3) “Preço da chamada”, da Elaine Martins
4) “Envia-me”, da adoradora Míria Mical, no CD Valeu te esperar
5) “Estou contigo”, regravado pela adoradora Sumara Santos, no CD Basta uma Palavra, dentre outros ao seu critério.

• Jogral, poesia ou peça teatral
Convide um grupo de pessoas para encenar, dramatizar ou relatar um Jogral, poesia ou uma peça. Uma dica é colocar todos os departamentos da igreja voltados para a programação. Eles podem escolher um representante de cada para fazer ou se tiver vários voluntários pode dividir e encenar mais de um. Na internet, temos uma infinidade de dicas destes jograis. Mas também você encontra em bons livros de poesias e peças, como os livros: Jograis e Representações Evangélicas Volume 1, 2 ou 3, publicados pela CPAD.

• Oportunidades e Mensagem da noite
Se vocês estiverem planejando todo o culto, promova oportunidades aos membros que possam contar um testemunho ou uma breve descrição do que seu pastor significa para ele (a). Lembrando que isso dependerá do tempo que você tem disponível, nada de se estender e atrapalhar toda a liturgia, ok? Se o preletor da noite não for o pastor, combine anteriormente para que ele (a) traga uma mensagem baseada em algum trecho bíblico que fale sobre a importância do pastor para a igreja. Por exemplo: Jeremias 3.15, Hebreus 3.17 ou João 10.11

• Vídeo de depoimentos
Outra sugestão é combinar anteriormente com alguns membros, principalmente, os mais antigos para gravarem um depoimento para o pastor. Não precisa ser longo, de três a cinco minutos deixando uma mensagem para ele ou dando um testemunho de algo que ele já tenha auxiliado aquele membro. Fotos que mostrem o início da obra e do ministério dele também são muito bons para serem recordados. Podem aproveitar o momento e preparar um vídeo com eles. Tenho certeza que será bem emocionante!

• Presentes para o pastor
Dependendo do tamanho da sua igreja e o número de membros que ela tem, escolha entre dar um presente único em nome da igreja ou um para cada departamento. É muito importante valorizar aquele que tem orado e zelado por você diariamente. Quanto ao presente, não vamos aqui especificar qual é o mais indicado. Mas na hora de escolher, decida dar algo que lembre o ministério dele, como: Uma nova Bíblia de estudo (que tal a Bíblia de Estudo de Genebra), um livro voltado para pastores (Manual Pastoral de Discipulado ou DE: Pastor A: Pastor do autor Hernandes Dias Lopes), agenda, Dvd´s de pregações ou um terno novo, uma camisa (com versículos ou com estampas) ou presentes personalizados: canecas, camisas, painel ou álbum de fotos da igreja e do seu ministério, dentre outros. Use a criatividade e escolha o presente ideal para ele!

Gostaram das dicas? Essas são algumas sugestões, fique bem à vontade para usá-las ou incrementá-las às suas ideias. Nós aqui da Livraria 3:16 montamos um kit especial para o Dia do Pastor, confira nesse link. Esperamos que o dia do seu pastor seja bem abençoado. Se você tiver alguma dica, conte para nós aqui nos comentários. Queremos te ouvir também! Deus abençoe!

Fontes: site CPADEventos