O Poder de Deus para a Salvação

        
Teólogo brilhante e escritor prolífico, o reverendo Augustus Nicodemus Lopes tem exercido um ministério extremamente abençoador no âmbito da igreja evangélica brasileira, atuando nas áreas da pregação expositiva da Palavra de Deus, do correto ensino da sã doutrina e da produção recorrente de uma bibliografia teológica sumamente rica em fecundas instruções para o povo de Deus. Nos últimos tempos, o reverendo Augustus Nicodemus tem se dedicado a escrever comentários de vários livros das Escrituras Sagradas, já tendo vindo a lume, escritos sobre o livro de Malaquias e sobre Gálatas, Colossenses e, mais recentemente, sobre a epístola de Paulo aos Romanos.
O admirável comentário do aludido pastor acerca da epístola de Paulo aos Romanos intitula-se O Poder de Deus Para a Salvação e se fixa nos primeiros sete capítulos dessa extraordinária porção das Sagradas Escrituras. Na carta aos Romanos encontramos, com singular beleza, o registro de algumas das mais gloriosas doutrinas da graça do evangelho do nosso amado e bendito Salvador e Senhor Jesus Cristo.
O comentário do reverendo Augustus Nicodemus apresenta inúmeras virtudes, sendo, a meu ver, a principal delas, a clareza da linguagem em que se consubstancia toda a sua exposição. O livro, em face dessa importante marca estilística e composicional de que se reveste, é útil tanto para um seminarista já mais amadurecido no convívio com a Palavra de Deus quanto para o crente que frequenta o dia-a-dia da igreja em sua realidade doméstica.
Por esse patamar, o livro do reverendo Augustus Nicodemus logra consorciar profundidade com simplicidade, sem turvar as águas da sua abordagem com os afugentadores componentes da aridez terminológica e do hermetismo linguístico. Em suma: o autor escreve para ser compreendido, sobretudo, porque este comentário resultou de uma série de pregações que o aludido pastor tem realizado sobre essa magnífica epístola do apóstolo Paulo chamada por muitos estudiosos, de “a catedral da doutrina cristã”.
Outro aspecto extremamente importante do referido comentário radica no fato de que ele busca o tempo todo, uma abordagem concreta do texto apreciado, promovendo um cerrado corpo a corpo com os capítulos estudados, no desiderato maior e indesviável de captar a intenção original do autor primário do texto: o Espírito Santo de Deus, que estava sobre Paulo e em Paulo, supervisionando todo o ato/processo de registro da Revelação escrita e especial de Deus. Aqui reside um ponto fundamental da pregação expositiva: ela se submete, sem reservas, à autoridade do texto bíblico e, ato contínuo, refreia o mais possível, as interferências do pregador, uma tentação a que sempre estão expostos todos os que têm sobre os seus ombros o fascínio e a responsabilidade de transmitir a Palavra de Deus; e anelam fazê-lo com fidelidade.
Por fim, ganha relevo o fato de que o comentário de cada porção da carta aos Romanos vem sempre acompanhado de pertinentes aplicações às nossas vidas, de modo a fazer com que busquemos apreender a Palavra de Deus de forma prática, amoldando-nos, no poder do Santo Espírito de Deus e pela mediação de Jesus Cristo, às suas santas demandas para as nossas vidas.
Que o Senhor nosso Deus continue revestindo o seu servo com a sua graça, sabedoria e poder do seu Espírito Santo, a fim de que ele prossiga ensinando e pregando a Palavra de Deus de maneira absolutamente fiel, com a finalidade precípua de glorificar o Senhor e edificar a igreja que ele comprou com o sangue do seu amado Filho, por intermédio do leite não falsificado da inerrante, inspirada e infalível Palavra de Deus. SOLI DEO GLORIA NUNC ET SEMPER.
                    JOSÉ MÁRIO DA SILVA
                        PRESBÍTERO
livro O Poder de Deus para a Salvação

Para adquirir seu exemplar do livro “O Poder de Deus para a Salvação”, do autor Rev. Augustus Nicodemus, clique aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *